Para onde vai o esgoto da sua casa?

Todos os dias nós tomamos banho, lavamos nossas louças e realizamos diversas outras atividades com nossa água. Mas, você já parou para pensar no que acontece com a água depois que ela desce pelos canos da sua residência?

Pois bem, a água que você usa em sua casa percorre um longo caminho. A partir dai, ela é chamada de esgoto. Existem dois tipos de esgoto, o doméstico e não doméstico, o doméstico é o que vem das casas e o não doméstico, que vem das indústrias.

A composição do esgoto é de 99,9% de água e 0,01% de resíduos sólidos orgânicos, alimentos, fezes, etc. Além de materiais inorgânicos, que são os produzidos pelas empresas. No esgoto também existem micro-organismos, que poluem o subsolo e o solo.

O tratamento do esgoto é uma parte fundamental para reduzir a poluição, porém, estima-se que apenas 16% das cidades brasileiras tenham o seu esgoto devidamente tratado.

O caminho da água

Você já parou para pensar de onde vem a água que você toma banho, lava as louças e que faz parte do seu dia a dia? Se não, saiba que essa questão é uma das mais importantes no Brasil e no mundo.

O Saneamento básico é direito de todo cidadão, seja na cidade ou no campo, na capital ou no interior. Todos devem ter água de qualidade e tratada.

Funciona assim, a água utilizada pela população vem dos mananciais, que podem ser rios, lagos ou qualquer outro lugar que possua água limpa e que possa ser tratada para o consumo.

Depois disso ela é levada pela adutora e vai para uma estação de tratamento. Após esse processo, a água é armazenada por reservatórios e depois distribuída para a população.

Depois do uso, ela se encaminha para a rede de esgoto do local, que a leva para ser tratada e devolvida aos mananciais. Isso quando ela é devidamente tratada.

O esgoto

Nem é necessário dizer que o esgoto, quando não tratado da forma devida, pode causar uma série de doenças, por isso, o tratamento devido do esgoto deve ser tratado como uma questão de saúde pública, de fundamental importância.

Quando o esgoto não é tratado, ele pode percorrer dois caminhos: saindo da sua casa, passando por um sistema de distribuição da cidade, porém, ao invés de ir para uma estação de tratamento, ele segue para algum córrego, riacho ou rio, e acaba ficando sem o devido cuidado.

Em alguns bairros ou cidades, o esgoto fica ao ar livre, o que intensifica o perigo de doenças causadas pela sujeira e poluição desta água.

No caso do esgoto tratado, ele sai da sua casa ou empresa, vai para o sistema de distribuição da cidade que o encaminha para uma estação de tratamento da água.

Como dissemos, e você já deve saber, a falta de tratamento do esgoto é uma questão gravíssima e deve ser tratada como tal. Para se ter uma ideia, dezenas de doenças podem ser transmitidas pela água suja.

Quando a pessoa não possui um bom saneamento básico ela pode ficar em contato com o esgoto, e, consequentemente, com dejetos humanos e poluição industrial.

Algumas doenças causadas por esse contato são hepatite A, poliomelite, giardíase, disenteria amebiana, diarréia por vírus, febre tifóide, diarréias e disenterias bacterianas (como a cólera),febre paratifóide, ancilostomíase (amarelão), ascaridíase (lombriga), teníase, cisticercose, filariose (elefantíase), esquistossomose, entre outras.

Alguns números relacionados a isso são alarmantes, as crianças de 1 a 6 anos são as principais vitimas desse problema. As mortes entre crianças cujas famílias não dispõem de saneamento básico são 32% mais frequentes que entre famílias que dispõem.

Por esses dados, percebe-se a importância dessa questão para a administração de qualquer Estado ou município.

O tratamento do esgoto

Em resumo, o que as estações de tratamento de esgoto buscam fazer é tentar reproduzir e incentivar um processo realizado na natureza para limpar as águas.

Todo rio ou riacho, em qualquer curso d’água existem bactérias que se alimentam do esgoto. Especificamente da matéria orgânica presente na água poluída, que são as fezes, restos de comida e semelhantes.

Ao fazerem isso, essas bactérias ajudam a limpar o esgoto. O que as estações de tratamento fazem é reproduzir esse processo bem mais rápido que a natureza, pois ela possui uma concentração dessas bactérias milhares de vezes superior ao que existe, normalmente, nas águas.

Um ponto bem interessante nesta questão, mas que passa sem debate, na maioria das vezes, é a economia que o tratamento das águas causa.

Por exemplo, estima-se que 4 em 5 doenças são causada pela má qualidade da água. Ou seja, ao investir no tratamento, o governo irá economizar na saúde.

Segundo um estudo feito pelo Organização Mundial de Saúde, pra cada dólar que se investe no tratamento de água, o Estado economiza 5 em tratamentos de saúde.

Passo a passo

A água que chega pelo sistema de distribuição da cidade passa por barreiras para impedir que o material sólido e pesado entre. Geralmente, são duas grades que impedem a entrada dos materiais visíveis, desde pares de sapatos a geladeiras.

Depois, na segunda fase, que se chama desarenação, como o nome já sugere, serve para retirar a areia e a terra que se misturam a água. Vale lembrar que essa parte é importante para que a areia e a terra não estrague os equipamentos das próximas fases.

Os grãos de areia menores são eliminados na próxima fase, a decantação primária. Esses resíduos vão para o fundo da água, onde uma pá se movimenta para retirá-los.

Depois, a água vai para uma área chamada de tanque de areação, onde as bactérias se alimentam da matéria orgânica, essa é a parte que é realizada na natureza que é melhorada na estação de tratamento.

Após isso, a água já está quase limpa, só com algumas bactérias que vão para o fundo da água na parte que se chama decantação secundária. Nesta parte ela já é devolvida aos mananciais, mas para ser filtrada e utilizada para irrigação e usada nas indústrias, porém não é potável.

Como vimos, o saneamento básico é uma das questões mais importantes, por isso, deve-se ter muita atenção com a água que sai da sua casa. Manter os encanamentos residenciais sempre funcionando perfeitamente é uma parte fundamental do processo.

Para o melhor tratamento dos canos da sua residência ou empresa, é importante saber os itens fundamentais antes de contratar uma desentupidora. Em Brasília você pode contar com a Desentupir Já

 

2017-07-16T12:16:56+00:00